©2019 by William Andreotti Jr. Proudly created with Wix.com

bando de LETRAS

Encontro de escritores que publicam

seus textos pelo Linkedin

Objetivos:

 

Muitos dos textos que publicamos abordam temas e abordagens que poderiam levar a novos formatos e ideias. Alguns de nossos textos poderiam virar livros, roteiros de vídeo, palestras, cursos, ou mesmo uma série de artigos.

 

Quando apresentamos nossos textos ao mundo pelo LinkedIn estamos nos abrindo à reações e comentários. Muitas vezes recebemos mensagens de pessoas que contribuem para que nosso texto se aprimore, seja com dicas sobre o formato ou principalmente trazendo novos pontos de vista que permitem novos e maiores entendimentos.

A ideia desse encontro é permitir que estes “comentários na rede” aconteçam ao vivo, com a interação entre autor e outros escritores unidos por um ideal de colaboração mútua. Que possa surgir uma discussão rica, com todos os que quiserem participar.

 

 

Formato proposto:

Cada autor apresenta um texto seu, de sua escolha, que queira levar ao debate de ideias.

Podemos pensar se seria um texto já publicado em seu perfil e informado previamente aos demais participantes para análise prévia. Ou se o texto seria apresentado ali no evento, sem exigir conhecimento prévio dos demais.

 

Finalizada a apresentação abrimos o debate, com a apresentação da opinião de cada pessoa que quiser se manifestar a respeito (a manifestação não será obrigatória).

 

Todo comentário deverá ter a intenção de acrescentar algo ao texto, um novo ponto de vista, um exemplo, um detalhe a mais ou então apresentar alguma crítica construtiva de forma respeitosa, quanto à forma, clareza das argumentações, temas complementares oportunos ou necessários, etc.

 

O objetivo é nos ajudarmos a aprofundar nossos conteúdos e nossas formas de criação, através da ajuda mútua e da troca de opiniões.

 

Ninguém será obrigado a se manifestar. Eu posso não gostar do texto da pessoa ou de seu ponto de vista, mas é a visão dela e eu respeitarei. Nada de “haters ao vivo”. Se você não gosta, deixe passar e não comente, simples assim.

 

Mas se você considera ter um argumento que pode colaborar com o autor, mesmo que divergente ao que ele apresentou, traga para a discussão com respeito e civilidade. O debate será rico se nossas intervenções puderem agregar algo à discussão, sempre de forma respeitosa.

Nosso objetivo não é uniformizar pensamentos. Queremos ampliar o poder de nossas reflexões com opiniões diversas, complementares ou não. O que nos unirá não será pensar igual, mas nos respeitarmos por igual.

 

Liberdade de criar e pensar, fundamentada no respeito ao outro.

Escrever é arte. E arte é livre. Só seremos escritores respeitados se pudermos oferecer a nossa visão sobre o mundo respeitando a visão de todos os demais. Nosso grupo agrega, não segrega.

Vejam o quanto insisto na palavra “respeito”. Penso que nossa sociedade perdeu a capacidade de debate de ideias por falta de respeito ao outro. Nós podemos fazer diferente, nós podemos compartilhar nossas visões de mundo, pessoais e únicas, que podem divergir, mas tudo bem! A beleza da humanidade é a sua diversidade em meio à tanta coisa em comum que trazemos dentro de nós.

Temas:

Proponho que os temas tenham relação com desenvolvimento pessoal e profissional, de forma a que todos possam participar das reflexões. Temas muito técnicos ou especializados são muito restritivos e talvez peçam um grupo afim (quem sabe no futuro?).

Somos todos adultos e precisamos debater com sobriedade e interesse mútuo. Podemos tratar de qualquer tema em nossos textos, seja política, religião, sexo, gêneros e até futebol. Mas a nossa discussão nunca poderá ser segregadora.

 

Podemos falar de política sem cair na armadilha de “Lula x Bolsonaro”. Podemos falar de fé sem preconceito contra religiões. Podemos falar da importância de todos na sociedade sem necessariamente defender bandeiras que estimulem divisões, mas fundamentadas naquilo que nos une e no respeito.

 

  

Onde e como faremos?

Estou procurando um local que possa viabilizar a participação de umas 30 pessoas ao vivo e possa permitir uma infraestrutura para difusão online do evento.

Várias pessoas interessadas não estão em SP e penso em encontrar uma forma de viabilizar que assistam e participem.

Estou com um local em vista, muito especial, bastante acessível e adequado. Espero ter notícias favoráveis nos próximos dias.

Precisaremos de infraestrutura tecnológica, áudio, vídeo, fotos, transmissão online, interação à distância. Fiz algumas consultas mas não tenho ninguém definido. Se alguém souber como fazer e quem pode ajudar, é só informar. (não sei quase nada sobre isso)

Penso em buscar apoio de alguma empresa ou editora para cobrir os custos de local, infra e algum tipo de coffee break. Tenho duas empresas em mente e vou falar com elas. Se alguém tiver sugestão, também será ótimo.

Imagino que o encontro poderia acontecer em um sábado a tarde, das 14 às 18h. Acho que isso permitiria uma maior possibilidade de participação e esse horário seria aceitável para os que nos acompanhariam online de fora do Brasil (alô Valência/Espanha!)

Quando será? Sinceramente não sei. Acredito que deveria ser até meados de novembro no máximo, depois disso as questões de final de ano complicariam tudo. Ou planejamos neste ano e fazemos após a primeira quinzena de janeiro.

Deixe o seu comentário ou sugestão
Avalie a proposta do Encontro